09.11.2020 

COMPARTILHANDO POST DO CORONEL WILTON SOARES RIBEIRO, DIRETOR DE ASSUNTOS INSTITUCIONAIS DA AME/RJ E EX-COMANDANTE GERAL DA PMERJ.

Mais um grave momento na Segurança Pública de nosso Estado. Eles não tem limites. Dessa vez, condenaram a morte nossas viúvas e nossos órfãos. O que querem? O que almejam?

Senhores, assim como "A farda não abafa o Cidadão no peito do Soldado", como bem disse o Marechal Osório, "O estômago é o órgão do corpo humano que mais tem pressa", magnanimamente também o disse o Brigadeiro Castrioto, quando em interpelação ao Governador, a época, com sucesso aliás, em situação em que fora cortada a verba relativa a Caixa das Viúvas e Órfãos (CVO), da PM do antigo  Estado do Rio de Janeiro. 

Atenção a elite, cuidado: Tropa com fome resmunga, em algumas situações, Marcha no mesmo lugar, mas continua Cumprindo sua Missão, comendo Calangro, Tapurú, bebendo água de chuva. Esposas, Viúvas, Filhos, Filhas, Órfãos com fome, no entanto, podem fazer a Tropa transformar-se em bando. E, bando não tem hierarquia, não tem disciplina, não tem temor reverencial. Tergiversam inclusive sobre os limites, como está a parecer a atitude dos Senhores.

Porém, na vida, tudo tem limite, só que o limite e a postura do bando, são completamente diferentes do limite e da postura da Tropa. Ah, ia me  esquecendo, são homens e mulheres treinados, experientes  decepcionados, indignados, desesperados e em armas.

* Publicação de novembro/2016.


COMENTÁRIO:

"Este alerta foi feito em 06/11/2016, quando o Governo tornou público a decisão inédita de desvincular o pagamento do Pessoal da Ativa dos Inativos e Pensionistas. Felizmente voltou atrás. Ocorre que atualmente nossas Pensionistas caíram em uma armadilha e mesmo com a nova legislação, acabaram não tendo suas pensões reajustadas ao mesmo tempo que passaram a descontar mais. Inacreditável, mas totalmente real e atual. Portanto julgo oportuno republicar.


 

 

24.11.2020

COMPARTILHANDO POST DO CORONEL WILTON SOARES RIBEIRO, DIRETOR DE ASSUNTOS INSTITUCIONAIS DA AME/RJ E EX- COMANDANTE GERAL DA PMERJ. SENSATO, COMO SEMPRE. PARABÉNS!


Gostaria de lembrar aos confortáveis integrantes das classes A e B, (e aí estou incluindo Empresários, Politicos, Desembargadores, Promotores, Artistas, Advogados, Juízes, Estrangeiros, Banqueiros, Procuradores, altos Funcionários Públicos, altas Patentes Militares, Diplomatas, Jornalistas, Ministros, Secretários, etc, etc..), para que, pelo menos por alguns segundos do dia, parem o que estiverem fazendo e façam um exercício mental constante basicamente de:

1. A criminalidade do Rio de Janeiro é diferente, usa fuzil, granada, anda em "bondes", mata por nada, atira por nada, não se detém por nada, queima pessoas vivas. É profissional, regular e permanente;

2. Não se intimida pela lei nem pela pena, apenas pela força;

3. O esforço para detê-la ou pelo menos mantê-la sobre relativo controle é realizado há 206 anos, diuturnamente, por homens armados e fardados de azul, da Polícia Militar, os quais, nessa guerra de atrito bicentenária, já perderam mais de 5000 ( cinco mil) amigos e amigas, mortos/ mutilados por balas assassinas disparadas por esta criminalidade diferente e regular, que não cessa nunca, sem que nenhum dos Senhores tenham dirigido quaisquer palavras de consolo, alento ou justiça a pelo menos seus familiares;

4. Agora está na hora do final do exercício, imaginem esses homens fardados de azul, tendo morrido todos, ou feridos, ou cansados, ou acometidos por irreversível apatia pela profissão ou adoecidos mentalmente pelo stress.

5. Imaginem que caia de repente, a última e bicentenária barreira entre o caos e a relativa ordem reinante no Estado do Rio de Janeiro. Isso é difícil, mas não é impossível de ocorrer Senhores. E se isso acontecer, não tenham nenhuma dúvida, os Senhores e suas famílias serão caçados de forma brutal e sanguinária dentro de suas casas, carros, ruas, avenidas, condomínios, clubes, spas.

Já viram filmes de terror com lobisomens, vampiros e zumbis ? É isso que acontecerá Senhores. A Polícia Militar está morrendo, sendo mutilada, tornada tetraplégica, enlouquecendo, e os senhores não estão nem ai. Creiam, suas seguranças particulares apenas terão condições de oferecer um episódico primeiro combate, só.

Força Nacional de Segurança, pois é, é PM também, só que com uma farda diferente.  Valoroso Exército, claro que acorrerão em um primeiro momento, mas só em um primeiro momento, e depois???

Apenas como sugestão, tendo pesadelo ou não após a presente leitura, ainda está em tempo de dar a mão à Instituição Polícia Militar. Aproximem-se dela enquanto é tempo. Defendam-na um pouco, não precisa muito, só um pouco. PM que mancha a farda? Qual a instituição que não tem? Mas os nossos, quando são identificados, são imediatamente penalizados.

Nossa PM é muito simples, não quer recursos materiais, não quer mirabolantes Programas ou Projetos. No fundo, no fundo, ela quer apenas seu reconhecimento. Ela quer apenas que ela e seus homens sejam respeitados por vocês, suas famílias e pela sociedade. Ela, seus homens e seus familiares querem apenas ter a certeza de  não haverem morrido em vão.

* Publicação de outubro/2015.

COMENTÁRIO:

"Insistir sempre. Pelo menos até que essa avalanche de Fuzis de guerra parem de destruir nossa soberania através da vergonhosa entrada livre por nossas fronteiras secas, molhadas, aéreas, portos, aeroportos e estradas federais. A única barreira ainda é a PM. Até quando?"